Acalmando os Ânimos

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Acalmando os Ânimos

Lo-Fi, estilo de música cada vez mais popular entre os jovens, ganha ainda mais espaço durante a quarentena, como forma de relaxar e socializar.

Em março do ano passado viemos aqui falar de um estilo de música desconhecido para muitos, mas que vinha arrebatando uma legião de fãs entre os jovens millennials. Trata-se do lo-fi (low fidelity, baixa fidelidade), que com suas batidas marcadas, melodia suave e alguns chiados propositais compunham uma mistura ideal para uma música relaxante, perfeita para se ouvir em segundo plano enquanto se pratica outra atividade. (saiba tudo aqui)

Pois bem. Um ano depois, voltamos para mostrar que além do crescimento constante que o estilo apresentou desde então, ele recebeu um grande empurrão nos último meses. O motivo? Não poderia ser outro se não a quarentena. É meio óbvio. Em um período de insegurança e estresse elevado, as pessoas buscam formas de acalmar os ânimos e seguir em frente. 

Claro que a música tem papel fundamental nisso, como já falamos aqui, e entre a infinidade de opções de atividades para praticar enquanto ficamos em casa respeitando as recomendações das autoridades competentes (demos várias sugestões aqui), o lo-fi tem se mostrado uma ótima alternativa, conquistando uma nova e grande leva de seguidores.

Em levantamento feito pela Verge, é bem claro o impacto do isolamento nos números dos principais canais de Lo-Fi no YouTube. O College Music viu o número de assinantes crescer 40% no último mês e o ChilledCow, que nós mencionamos no ano passado, ganhou 340.000 assinantes só em março.

Além da pegada musical, propícia para o momento conturbado, outros fatores contribuem para a rápida popularização do Lo-Fi. Por se tratar de um estilo novo, majoritariamente para jovens, seu habitat natural é o ambiente digital, espaço esse que todos temos nos voltado em busca de alternativas de atividades e interação. Interação inclusive é uma palavra chave aqui. 

As  lives estão bem populares hoje, mas para o público do Lo-fi já não são nenhuma novidade. Os canais possuem material gravado, mas seu destaque sempre foi o conteúdo ao vivo, com transmissões praticamente ininterruptas, onde o público interage bastante pelo chat. Com uma programação especial para a quarentena, que envolve novos visuais e gráficos sobre isolamento social como pano de fundo para a música, o College Music em poucas semanas alcançou mais de 17 milhões de visualizações.

Em sua essência, o Lo-fi é um tipo de música de underground, produzido propositalmente de forma “amadora” e por isso facilita a entrada de novos produtores entusiastas, que rapidamente reforçam os números da comunidade. Não é raro os fãs começarem a produzir o seu conteúdo e compartilhar com os outros membros desta comunidade amigável e unida. 

Então não perca tempo. Dê uma chance ao Lo-fi. Pode ser o que você precisava  tanto para acalmar os nervos, quanto para encontrar um espaço de socialização com pessoas de todo o mundo, respeitando o isolamento físico.  Vai lá e conta pra gente o que achou. Não custa nada tentar. Assim como também não custa nada lembrar… Lave bem as mãos e fique em casa!

Fonte: Rolling Stone

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER