ISRC – O que é e Como Obter

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC

ISRC – O que é e Como Obter

Saiba sobre o que é  ISRC e como obter os códigos 

ISRC (International Standard Recording Code ou Código de Gravação Padrão Internacional) é um padrão internacional de código para identificar de forma única as gravações. O Produtor Fonográfico é o responsável por gerar e cadastrar o ISRC. O Produtor Fonográfico pode ser uma gravadora ou a pessoa física ou jurídica responsável economicamente pela gravação.


Gerando os Códigos de ISRC

*Não é possível gerar o ISRC sem estar filiado como Produtor Fonográfico 

Para quem deseja gerar os códigos de ISRC, primeiramente, é necessário estar filiado na categoria de Produtor Fonográfico para ter o registro de produtor e poder gerar os códigos.

Se ainda não se associou, clique aqui  *Não se esqueça de incluir a categoria “Produtor Fonográfico”

Se já é filiado e deseja incluir a Categoria de Produtor Fonográfico na sua filiação para gerar ISRC, entre em contato com o atendimento das nossas unidades


Gerando os ISRCs  On-Line pelo Portal Abramus 

Como Produtor Fonográfico você pode gerar os ISRCs diretamente on-line de uma maneira mais rápida. Também será possível fazer o upload do áudio da gravação em formato “.wav” .

Para gerar on-line, entre em: Portal Abramus 

Veja nosso vídeo tutorial  abaixo para gerar seu ISRC:

– Assim que gerar os Fonogramas (ISRC’s) já poderá utilizar os códigos para a fábrica que irá prensar o CD ou enviar para as agregadoras ou plataformas digitais


Informações Importantes Sobre o ISRC 
  • Cada gravação deverá ter seu próprio e único ISRC.
  • Os códigos de ISRC também precisam ser cadastrados no Ecad através da associação em que o Produtor Fonográfico está filiado para que os direitos conexos sejam distribuídos. Com o ISRC devidamente cadastrado no Ecad, quando a música é executada, o código ISRC permite reconhecer os titulares e os percentuais correspondentes aos seus direitos, fazendo com ocorra a devida distribuição e arrecadação de direitos conexos.
  • Toda nova gravação ou a sua modificação deve ter um novo ISRC. Não está permitida a reutilização de um ISRC, anteriormente fixado, para uma outra gravação.
  • Se o primeiro titular dos direitos vende a gravação sem mudar o formato, o ISRC pode continuar sendo o mesmo.
  • Se você é o Produtor Fonográfico, lembre-se de ter os nomes e CPFs de todos que participaram da gravação para que todos recebam devidamente seus direitos conexos.

Significado do Código

O ISRC se compõe de 12 caracteres e contém a informação de onde, quando e quem possui a gravação (fonograma). É alfanumérico, utiliza números arábicos (0 a 9) e letras do alfabeto romano (A a Z).

Veja abaixo:

BR-XXX-18-00001

  • BR, BX ou BC – Corresponde à sigla do país onde foi gerado o ISRC.  No Brasil são utilizadas as siglas BR, BX e BC. Cada país tem um radical diferente.
  • XXX– Este campo contém a sigla (sempre três dígitos) que corresponde ao código do Produtor Fonográfico responsável pelo ISRC.
  • 18 –Este campo é destinado ao ano em que o ISRC foi gerado.
  • 00001 –Corresponde ao sequencial. O primeiro ISRC gerado no sistema sairá com o final 00001, os seguintes serão 00002, 00003, 00004 e assim por diante.

 

 

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER