Novidade no YouTube: nova seção mostra créditos detalhados das músicas

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Novidade no YouTube: nova seção mostra créditos detalhados das músicas

Em 2018, é quase impossível conhecer alguém que nunca tenha ouvido falar no YouTube. Criado em 2005, a plataforma de streaming de vídeos é a mais popular do planeta e agrega dezenas de milhares de trabalhos de artistas ao redor do mundo.

Muito se fala sobre como conseguir ganhar dinheiro com o YouTube, e nós já explicamos como isso funciona para músicos e compositores neste post. Em abril deste ano, o YouTube acertou as contas com o ECAD e a Ubem e assinou um acordo que determina que o valor pago aos usuários brasileiros estão alinhados com o que é pago internacionalmente, como explicamos aqui.

 

E o que há de novo?

Recentemente, o YouTube inseriu uma nova seção em cada vídeo, chamada “Music in this video”, ou “Música nesse vídeo”, que informa mais detalhes a respeito dos créditos das músicas contidas naquele vídeo específico. Esta seção aparece dentro da aba “mostrar mais”, localizada na parte inferior do vídeo.

Isso quer dizer que, a partir de agora, todos poderão saber quem são os artistas, os compositores, o nome exato da música e quais tipos de licenciamento ela possui, como mostrado abaixo:

Entendi. Mas cadê os compositores brasileiros?

No entanto, ainda encontramos uma diferença entre os vídeos gringos e os brasucas: como visto nas imagens acima, os vídeos de música brasileiros ainda não mostram os autores da obra, apenas o nome do artista. Como o cadastro dos créditos acontece graças aos dados e tecnologia por trás do Content ID, é possível que tais dados ainda estejam sendo integrados por aqui e, por isso, ainda não estejam aparecendo.

 

Por que essa nova funcionalidade é excelente?

Na era da Internet, fica cada vez mais difícil descobrir os verdadeiros autores das obras, principalmente depois que se popularizaram as plataformas de streaming. Essa nova função permite não só que os consumidores do conteúdo se informem sobre a obra, mas que o sistema de pagamento de direitos autorais pelo YouTube fique melhor e mais prático.

Além disso, quando uma música é usada em um vídeo não-oficial, ou seja, um vídeo inserido na plataforma por alguém que não é o artista (detentor dos direitos autorais), seja na forma de trilha sonora ou qualquer outro uso, também terão as músicas identificadas e devidamente creditadas aos autores.

 

Mais uma conquista no meio digital para os músicos!

 


Para saber mais sobre o assunto:

Ler texto completo sobre Youtube e Direitos Autorais

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER