Edição de Obras: a Abramus faz esse trabalho?

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Edição de Obras: a Abramus faz esse trabalho?

Muitos titulares entram em contato com a Abramus buscando editar suas composições conosco. Mas, na verdade, não é função da Abramus fazer esse trabalho, e sim das editoras musicais. Vamos explicar como funciona cada uma das partes nesse post.

O que faz a Editora?

A edição de uma obra significa uma parceria entre o compositor e a editora – que também é uma titular de direitos – celebrada em um contrato. Cabe à editora divulgar, promover, licenciar e administrar as obras de um autor.

Cabe, portanto, à editora tentar incluir uma obra sua no próximo disco de um artista de sucesso ou na trilha sonora de novelas ou filmes, brigar para fazer parte de alguma campanha publicitária, entre outros usos como estes, chamados de mecânicos.

E isso vale para o caminho inverso: é ela quem administra as solicitações de autorização das execuções caso alguma gravadora queira usar sua música em um disco ou uma produtora audiovisual se interesse em ter sua obra em uma novela, filme ou comercial, por exemplo.

Para realizar esse trabalho, a editora fica com um percentual dos rendimentos da sua obra, que é variável e fica estabelecido em contrato. Usando os termos jurídicos: o titular cede parte de seus direitos patrimoniais. Em alguns casos, esses acordos envolvem também um prazo para edição.

E é importante lembrar que fica à cargo da editora cadastrar suas obras junto à sua associação. Fique sempre de olho.

 

E a Abramus nisso tudo?

É responsabilidade da Abramus e de todas as associações de gestão coletiva distribuir os valores de execução pública arrecadados pelo ECAD.

Como explicamos em posts anteriores, a execução pública envolve músicas tocadas na televisão, no streaming, no rádio, em bares, hotéis, shows, restaurantes, entre outros locais de frequência coletiva.

Ainda tem dúvidas? Não deixe de entrar em contato com a gente!

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER


Entrar em contato