Barão Vermelho comemora 30 anos com show na Fundição Progresso

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Barão Vermelho comemora 30 anos com show na Fundição Progresso

Às 2h da manhã deste domingo (21), Barão Vermelho subiu ao palco da Fundição Progresso, na Lapa (RJ), para uma apresentação que emocionou o público até aproximadamente as 4h!

O empresário Prefeito Fortuna, foi quem anunciou o primeiro show da banda há 30 anos e fez questão de repetir o feito depois de três décadas. Em maio de 1982, um ano depois de formado, o Barão Vermelho também entrava nos estúdios da Som Livre para gravar seu primeiro álbum. “Como em 82, com vocês Barão Vermelho”, apresentou Fortuna.

Frejat, afirmou ao público no início do show que se tratava de uma noite “especial”. “Boa noite a todos, é um prazer estar aqui. Comemorando juntos os trinta anos do nosso primeiro show. Vai ser uma noite muito especial. Estão preparados? ”, perguntou o músico.

(Reunidos no camarim. DR – Direitos Reservados)

O repertório da banda relembrou sucessos como “Codinome Beija-Flor”, “Billy Negão”, “Por Você”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Pense e Dance”, além de “Sorte e Azar”,  última parceria inédita de Cazuza e Frejat, que ficou de fora do álbum de 1982. Encerraram a apresentação cantando, de improviso, um cover”(I Can’t Get No) Satisfaction”, dos Rolling Stones.

O retorno do “Barão Vermelho” não é definitivo. Batizada de “+1 Dose”, a turnê vai ficar na estrada por seis meses, até 21 de março de 2013. No dia 1º de novembro deve passar por Belo Horizonte e no dia 8 de dezembro desembarca em São Paulo, no Credicard Hall. Outras datas ainda serão anunciadas.

À frente de um dos principais grupos do gênero da década de 1980, que apresentou Cazuza ao mundo, Frejat está de volta aos palcos com o Barão Vermelho, após um hiato de cinco anos, para comemorar 30 anos de lançamento do primeiro disco, que levava o nome da banda. Na estrada, o Barão será Roberto Frejat (guitarra e voz), Guto Goffi (bateria), Peninha (percussão), Rodrigo Santos (baixo) e Fernando Magalhães (guitarra). O tecladista Maurício Barros, integrante da formação original, vai aparecer em alguns shows para participações especiais.

Junto com a turnê, o álbum “Barão Vermelho” (1982), produzido por Ezequiel Neves e Guto Graça Melo, voltará às prateleiras em edição comemorativa, que a Som livre lança em novembro, nos formatos CD e vinil.

Fonte: UOL

 

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER