Bienal do Livro de SP começa com homenagem a Jorge Amado

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Bienal do Livro de SP começa com homenagem a Jorge Amado

Começa nessa quinta-feira (9) a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O evento reunirá 480 expositores no pavilhão de exposições do Anhembi, na Zona Norte da cidade, até o dia 19 de agosto.

A Bienal vai prestar homenagem a Jorge Amado, Nelson Rodrigues e à Semana de Arte Moderna de 1922. Além disso, como destaque, há um aumento considerável do número de expositores internacionais: 134 ao todo, o dobro do de 2010. O crescimento reforça o caráter “internacional” e indica o aumento do interesse da indústria estrangeira no mercado de livros do Brasil, comentou Juan Pablo De Vera, um dos organizadores do evento, em coletiva de imprensa na semana passada.

Dentre os escritores convidados da Bienal 2012, estão Cecily Von Ziegesar, autora dos livros da série “Gossip girl”, e o autor chileno Alejandro Zambra, de “Bonsai”.

Homenagens

Nesta sua 22ª edição – cujo tema central é “Livros transformam o mundo, livros transformam pessoas” –, o evento presta três homenagens: a Jorge Amado (1912-2001) e Nelson Rodrigues (1912-1980), que completariam cem anos de idade justamente neste mês de agosto, e aos 90 anos da Semana de Arte de 22.

Eles serão lembrados em diversos debates na programação cultural, que se divide entre o “Salão de ideias” (com curadoria de Paulo Markum); “# Você + Quem = ?” (com programação voltada ao público jovem e com curadoria de Zeca Camargo); “Deu a louca nos livros” (voltado ao público infantil e com curadoria de Emanoel Araújo, diretor do Museu Afro Brasil); “Espaço professor” (com atividades de incentivo à “formação do professor-leitor”); “Cozinhando com palavras” (onde haverá um cozinha cenográfica); “Telas & Palcos” (que junta literatura, cinema e teatro, com curadoria de Rubens Ewald Filho); e “Livros & Cia” (dedicado ao mercado editorial).

À exceção deste último, quase todos terão seções para lembrar os homenageados. No “Salão de ideias”, por exemplo, Tom Zé fará leituras de Jorge Amado, que também será lembrado no “Cozinhando com palavras”, com abordagem sobre a culinária associada ao escritor e sua obra.

Para conferir a programação completa deste ano, acesse: http://g1.globo.com/bienal-do-livro/sp/2012/noticia/2012/08/bienal-do-livro-de-sp-comeca-com-homenagem-jorge-amado.html

Fonte: G1

 

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER