João Roberto Kelly: novo associado Abramus

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

João Roberto Kelly: novo associado Abramus

Filho do professor, escritor e jornalista Celso Octávio do Prado Kelly e de Luzia Kelly, aos onze anos, começou a aprender piano com a mãe e com a avó. Mais tarde, estudou música e piano com a professora Zélia Lima Furtado no Conservatório Brasileiro de Música.

Em 1961, Elza Soares gravou em 78 rpm pela Odeon a sua composição Boato e viria a incluir esta mesma música em vários outros LPs, nos anos seguintes. Neste mesmo ano, Elizeth Cardoso, no LP “A Meiga Elisete nº 2”, incluiu de sua autoria “Esmola”. No ano seguinte, a mesma cantora, no disco “A Meiga Elizete nº 3” gravou “Esmola”, de sua autoria. Elizeth Cardoso regravou “Boato” no LP “Sax Voz nº 2”, de Elizeth Cardoso e Moacyr Silva.

Em 1966, apresentou no Canal 5 de São Paulo o programa Alegro e Tonelux na TV Globo do Rio de Janeiro, reapresentando nesta mesma emissora o programa Musikelly. No ano seguinte, sua música Colombina iê-iê-iê, em parceria com David Nasser, foi uma das composições mais cantadas e executadas no carnaval daquele ano, sendo gravada também por Roberto Audi. A Orquestra do Maestro Gonzaga, em 1968, gravou um LP ao vivo do Baile do Teatro Municipal, no qual continha algumas composições suas. Na década de 1970, voltou para a TV Rio e apresentou o programa Rio dá samba, que ficou doze anos no ar.

Entre muitas vitórias e sucessos pelo seu caminho, no ano de 2000 realizou vários espetáculos, dentre eles Carnaval de Sempre, no Clube Monte Líbano e na Casa de Portugal, em Teresópolis.

Entre suas músicas mais gravadas estão: “Boato”, interpretada por Ademilde Fonseca, João Roberto Kelly e Lalo Schifrin nos EUA; Samba do teleco-teco, cantada por Valdir Calmon e Aracy Cortes; Dor-de-cotovelo e Pororopó-pó, gravadas por Elis Regina e ainda Cafezinho, interpretada por Dóris Monteiro e Cyro Monteiro.

Em 2006 e 2007, apresentou um espetáculo chamado Papo Piano Bar, onde lançou dois jovens cantores, Ronaldo Gonçalves e Manu Santos, presenteada por Kelly com uma nova composição, chamada Hoje Eu Acordei.

Para ler sua biografia na íntegra, acesse: http://www.samba-choro.com.br/artistas/joaorobertokelly

E agora, em 2012, temos a honra de poder representá-lo e tê-lo como novo membro da família Abramus.

E que venham mais sucessos deste completo e grande artista.

(Da esquerda para direita: Gustavo Gonzalez, Gerente de Documentação e Novos Negócios da Abramus, João Roberto Kelly, Yris Bruna, Coordenadora do A&R Abramus RJ e Gustavo Vianna, Gerente de Operações Abramus).

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER