CD Jazz Mineiro Orquestra

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

CD Jazz Mineiro Orquestra

Jazz Mineiro Orquestra 

A formação da Jazz Mineiro Orquestra foi idealizada pelos saxofonistas, compositores e arranjadores Nivaldo Ornelas e Cléber Alves. A intenção foi formar uma big band mineira a exemplo de outras grandes formações no país, como a  Banda Mantiqueira em São Paulo, a Spok Frevo Orquestra em Recife, a Orquestra Rumpilezz em Salvador, todas elas comprometidas com a cultura de seus estados de origem, o que não se repetia em Minas Gerais. Sob a direção de Nivaldo Ornelas e coordenação dos professores e instrumentistas Cléber Alves e Mauro Rodrigues, a JMO entrou em estúdio para gravação do primeiro CD, em 2012, com repertório inédito, de autoria de Ornelas. Esse trabalho assume como bandeira o resgate das tradições da música mineira, com uma sonoridade contemporânea, numa abordagem simples, porém bem elaborada, com música instrumental de qualidade.

Nivaldo Ornelas – Saxofonista, flautista, compositor e arranjador. Foi um dos fundadores do “Berimbau Jazz Clube”, ponto de encontro dos músicos mineiros nos anos 60. Logo depois, participou do “Clube da Esquina”. Entre os festivais que participou, destacam-se: o Free Jazz (RJ/SP), Tudo é Jazz (Ouro Preto), Tim Festival (RJ/SP), Búzios Jazz e Blues, além de alguns dos festivais de maior prestígio no exterior, como Montreux (Suíça), Live Under the Sky (Japão), Chicago Jazz Festival (EUA), Festival de Estoril (Portugal) e Newport Jazz Festival (EUA). Sua arte abrange também composições para cinema, teatro e balé. Entre os prêmios que recebeu destacam-se: o de Melhor Trilha sonora para a peça “O Encontro Marcado”, de Fernando Sabino, o de melhor música original para o filme “A Dança dos Bonecos”, de Helvécio Ratton.

Foi convidado do Projeto Circular Brasil, da Série MPB & Jazz com Orquestra Sinfônica Petrobras, e coordenou o Rio Jazz Instrumental por dois anos consecutivos. Em 2009, lançou o CD “Fogo e Ouro” pelo selo do SESC “Amigos no Tom”. Em 2011, lançou o dvd “Nivaldo Ornelas ao vivo” e, em 2012, está coordenando o projeto Jazz Mineiro Orquestra (Natura Musical).

Mais informações, acesse: www.nivaldornelas.com.br.

Fonte: Assessoria Nivaldo Ornelas

 

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER