Espetáculo ‘Família Caymmi visita Jorge Amado’ estreia na Academia Brasileira de Letras

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Espetáculo ‘Família Caymmi visita Jorge Amado’ estreia na Academia Brasileira de Letras

O espetáculo será em homenagem ao cantor e compositor Dorival Caymmi e contará com a participação da cantora Stella Caymmi, do cantor e flautista Danilo Caymmi e do violonista Flávio Mendes. Ricardo Cravo Albin será o apresentador.

A Academia Brasileira de Letras (ABL) dá início à temporada de 2012 da série “MPB na ABL” com o espetáculo Família Caymmi visita Jorge Amado, uma homenagem ao cantor e compositor baiano Dorival Caymmi. O show também é em celebração ao centenário de nascimento do escritor e Acadêmico Jorge Amado, que estaria completando 100 anos em 10 de agosto próximo, e contará com a participação dos músicos Stella Caymmi (cantora), Danilo Caymmi (cantor e flautista) e Flávio Mendes (violonista). Ricardo Cravo Albin será o apresentador e o evento está programado para o dia 11 de abril, quarta-feira, às 12h30min.

A homenagem ao escritor e Acadêmico faz parte da série de comemorações que a ABL estará realizando este ano por causa de seu centenário de nascimento.

Ainda segundo Ricardo Cravo Albin, o espetáculo apresentará sete parcerias entre Caymmi e Jorge Amado, além do clássico É doce morrer no mar, extraído a partir de versos do Acadêmico para o romance Mar morto. Entre essas parcerias, de acordo com Albin, existem jóias desconhecidas, como Beijos pela noite, feita por Caymmi e Amado com a rara participação de Carlos Lacerda, então comunista e companheiro de ambos. Há, ainda, Canção para Prestes, feita por Caymmi a pedido de Jorge para a campanha de Luiz Carlos Prestes. Serão apresentadas também as canções da dupla Caymmi/Amado para a adaptação teatral (anos 40) do romance Terror sem fim e que foram três: Cantiga de Cego, Canto de Obá e Retirantes. O público terá a oportunidade de ouvir as modinhas feitas por Caymmi a pedido de Jorge Amado para televisão e/ou cinema sobre seus personagens clássicos como Gabriela e Teresa Batista. Os músicos recordarão a música Acontece que eu sou baiano, escrita especialmente a pedido de Jorge a Dorival para selar o romance do futuro Acadêmico com a também futura Acadêmica Zélia Gattai.

Para mais informações, acesse: www.academia.org.br

 

 

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER