Prêmio da Música Brasileira

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Prêmio da Música Brasileira

O show em homenagem a Noel Rosa terá Lenine, Sandra de Sá, Zélia Duncan e Arlindo Cruz, além da participação de Marcelo Jeneci, em São Paulo. A apresentação será de Murilo Rosa

A 22ª edição do Prêmio da Música Brasileira, que pelo segundo ano consecutivo conta com o patrocínio da Vale, ganhará uma versão itinerante, percorrendo seis cidades brasileiras. José Maurício Machline idealizou um novo formato, que permite ao Prêmio viajar pelo Brasil. Além da cerimônia realizada no dia 06 de julho, no Theatro Municipal do Rio, acontecerá um show em homenagem a Noel Rosa, com a participação de Lenine, Sandra de Sá, Zélia Duncan e Arlindo Cruz e apresentação de Murilo Rosa. A turnê começará no dia 13 de julho em São Luís, e depois segue para Carajás (15/07), Belém (18/07), São Paulo (21/07), Vitória (24/07), encerrando em Belo Horizonte, no dia 27 de julho. Não haverá venda de ingressos. As 300 primeiras pessoas que acessarem o site www.premiodamusica.com.br no dia do evento (21/07) e preencherem o formulário ganharão um convite individual para assistir o espetáculo.

A cerimônia no Municipal teve apresentação de Debora Bloch e Regina Casé e 11 números musicais, com a participação de nomes como Marisa Monte, Nana Caymmi e Dori Caymmi, Zizi Possi, Yamandu Costa e Hamilton de Holanda, Zélia Duncan e Tulipa Ruiz, Lenine e Luísa Maita e Ivete Sangalo, entre outros. Para a versão itinerante, José Maurício Machline criou um novo roteiro e convidou quatro artistas para percorrerem o país. “É uma grande alegria poder viajar pelo Brasil afora. A parceria com a Vale foi fundamental para implementarmos esse projeto. O Prêmio contempla toda a produção musical brasileira, nada mais justo que chegue a outros lugares do país”.

Murilo Rosa fará um apanhado dos melhores momentos da cerimônia do Municipal e contará a história de Noel Rosa, grande homenageado desta edição do Prêmio da Música Brasileira. “Seria impossível viajar com todo o elenco do Municipal, então montamos um show novo, que passeará pelo rico repertório do Noel. Este foi, aliás, o ano mais difícil para montar o repertório, porque ele só compôs músicas boas, várias delas obras-primas, é um fenômeno”, exalta Machline.

O roteiro prevê uma série de números solos, além de duetos. Zélia Duncan cantará clássicos como ‘Feitiço da Vila’ e ‘Último Desejo’.. Já Lenine passeará por ‘Feitio de Oração’ e ‘O Orvalho vem caindo’, entre outras. Sandra de Sá interpretará pérolas como ‘As Pastorinhas’ e ‘Três apitos’ e Arlindo Cruz, ‘Com que roupa?’ e ‘Conversa de botequim’. Em São Luís, Flávia Bittencourt interpretará ‘Palpite Infeliz’ e Nosly ainda está definindo o número que apresentará na noite do dia 13.

A direção musical da Cerimônia do Municipal e da versão itinerante do Prêmio é do pianista João Carlos Coutinho, que viajará pela turnê acompanhado por Jurim Moreira, Zé Canuto, Rômulo Gomes, Marcio Malard, Marçalzinho e Lula Galvão.

Criado em 1988, o prêmio de maior prestígio da música brasileira tem como finalidade resgatar e celebrar grandes nomes do cenário nacional, além de avalizar carreiras de artistas iniciantes ou com expressão de alcance regional. O Prêmio da Música Brasileira vem, há 23 anos, valorizando a nossa música no que ela tem de melhor: a sua capacidade de se reinventar e manter o nível de excelência que a fez reconhecida mundialmente. O Prêmio enaltece o esforço e o talento dos cantores, músicos, arranjadores e produtores do Brasil e reúne, no mesmo dia e no mesmo palco, as mais variadas manifestações musicais do país.

 

Prêmio da Música Brasileira 2011

Versão Itinerante

Apresentação: Murilo Rosa

Direção e roteiro: José Maurício Machline

Com Arlindo Cruz, Lenine, Sandra de Sá e Zélia Duncan

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER