Celebração Evidente

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Celebração Evidente

Publicado em 07/04/2022

Adiado pela pandemia, Chitãozinho e Xororó preparam um ano grandioso para comemorar os 50 anos da dupla.

A pandemia adiou, mas não acabou com o sonho de celebrarmos os 50 anos de uma das principais duplas sertanejas da nossa história. Chitãozinho e Xororó completaram o número simbólico em 2020, mas só agora conseguem pôr em prática os projetos de celebração, que incluem um grande show em NY e uma série documental.

Os irmãos paranaenses José Lima Sobrinho e Durval de Lima são conhecidos pelos nomes artísticos e conquistaram o país e o mundo da música como Chitãozinho e Xororó, nome inspirado na canção homônima, originalmente lançada em 1939 pelos compositores Serrinha e Athos Campos, que enaltecem o belo canto destas duas espécies de passarinho. Eles são recordistas em vendas de discos no Brasil (venderam mais de 37 milhões de álbuns) e já ganharam cinco prêmios Grammy Latino, o que os credita na visão de muitos especialistas como a maior dupla sertaneja que temos.

Desde o primeiro disco (1970), ainda muito jovens (com 16 e 13 anos de idade), o talento já se destacava na icônica canção “Galopeira”, que até hoje impressiona os amantes da música pela potência vocal. Além de “Evidências”, o maior sucesso da dupla e recordista até hoje entre a música mais tocada nos karaokês do país, os irmãos colecionam outros sucessos históricos como “Fio de Cabelo” (1982) que os rendeu o reconhecimento do grande público, a interpretação marcante de “De coração pra coração” (1986) ao lado de Roberto Carlos em seu especial anual e “Words” (1993) gravada junto aos Bee Gees e que assim como “Guadalupe” (música do mesmo álbum “Tudo por Amor”) alcançou tanto sucesso que levou a dupla à conquista do primeiro lugar do “Hot Latin Singles” na parada norte-americana da revista Billboard, feito realizado anteriormente por brasileiro apenas por Roberto Carlos, em 1989.

Logo na sequência (1995), a dupla iniciou o grande projeto “Amigos”, que ao lado de Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo, marcou a história do sertanejo, lotando estádios e alçando o gênero a um novo patamar. Sem dúvidas a dupla merece o crédito por introduzir a música sertaneja nos veículos de massa do Brasil numa época em que o gênero tinha pouco espaço nas rádios e televisão, antes restrito à cultura do campo. São também reconhecidos por modernizar a música sertaneja, introduzindo instrumentos como a guitarra elétrica e o banjo em seus álbuns. Se hoje o sertanejo domina o mercado, muito deve agradecer a Chitãozinho e Xororó.

Mesmo com atraso, a comemoração dos 50 anos de carreira destes dois grandes artistas não passará despercebida. Então fique ligado na atualização das agendas de shows para não ficar de fora desta grande festa. Se em 2022 já estamos felizes em comemorar os 40 anos da Abramus, ficamos mais do que orgulhosos em dividir o ano de celebração com a lendária dupla de queridos associados.

Vai ter festa? É evidente que sim!

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER