Meditação Sonora

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Meditação Sonora

Foto: EmotionPhoto em Adobe Stock

Publicado em 17/11/2021

Ao invés do silêncio, um método propõe usar a música para aumentar a concentração na meditação.

Quem já se aventurou pelas práticas de meditação, certamente já ouviu algo do tipo: “Esvazie a mente e concentre-se no silêncio para que o relaxamento ocorra naturalmente”. Se é o seu caso, você sabe o quanto isso é difícil de alcançar, uma vez que a mente tende sempre a viajar por memórias e preocupações.

O ambiente silencioso é sim muito bem vindo na busca por calma e tranquilidade, porém nem sempre ajuda na concentração necessária para a prática plena de meditação. Para manter o foco, uma aliada de peso (adivinha quem!) entra na jogada. Se o silêncio absoluto é muito difícil de alcançar na sua casa, ou não te traz a paz que deveria, uma ótima alternativa é incluir a música na prática meditativa.

Sons de melodia leve e batidas bem marcadas (lo-fi são ótimos para isso) ajudam a se concentrar mais nas sensações e se esquecer do mundo exterior. O tão apreciado poder da música de nos envolver, aqui atinge nosso córtex cerebral como uma anestesia, atraindo o foco para a audição e facilitando que os outros sentidos relaxem.

A calma também vem através do ritmo lento, que ao sincronizar-se com as batidas do coração e com a respiração, relaxa rapidamente todo o corpo e suas funções basais. Não é à toa que diversas “linhas” de meditação fazem uso dos mantras, como suporte para a prática. A repetição compassada dos sons relaxa o corpo e mantém a mente focada na atividade. Sem falar que normalmente envolvem palavras positivas, que atraem os bons pensamentos e consequentemente as boas sensações.

Outra vantagem da música na meditação é que o ritmo e a melodia melhoram a oxigenação do corpo e ajudam a liberar dopamina – substância responsável pelo prazer –  além de despertar a memória, com o acionamento do hipocampo.

Se você se interessou pela alternativa, saiba que é muito fácil começar, diversos aplicativos gratuitos e pagos oferecem meditações (guiadas ou não) envolvendo música. Se o seu estilo for mais “faça você mesmo” o que não faltam são playlists no Youtube e Spotify com milhares de horas de sons e músicas perfeitos para a meditação. 

Então encontre o seu cantinho ideal, use roupas leves, sente-se em uma posição confortável e boa prática. A mente e o corpo agradecem!

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER