Culture Next 2020

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Culture Next 2020

Publicado em 25/11/2020

Spotify aponta tendências de consumo em áudio e cultura das gerações Y e Z.

“Scientia potentia est!”, ou em bom português: conhecimento é poder. A célebre frase, muitas vezes atribuída a Francis Bacon, provavelmente está pendurada em algum lugar no escritório do Spotify. Pelo menos dá para imaginar que sim, ao ver o extenso e completíssimo relatório recém divulgado pela gigante do streaming de áudio.

O Culture Next 2020 é a segunda edição do profundo estudo comportamental que a empresa realiza, visando compreender hábitos variados de consumo de seus atuais e futuros usuários, separados entre as gerações Y (millennials de 26 a 40 anos) e Z (15 a 25 anos).   

Em um ano tão atípico como 2020, a pesquisa exigiu um envolvimento ainda maior, sendo realizada em dois períodos (final de 2019/início de 2020 e julho/agosto de 2020) e com a parceria da Culture Co-op e da b3 Intelligence, que além de usar os dados da Inteligência de Streaming exclusiva do Spotify como base de análise, ainda entrevistou 7.500 em diversos mercados: Austrália, Brasil, Canadá, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, México, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos.

Sem mais delongas, confiras os principais pontos do relatório destacados pela equipe de Redação Mundo da Música, replicados aqui por nós. São micro e macro tendências dentro da música e outros campos das artes, tecnologia e cultura, que vem se concretizando há algum tempo e ficaram mais evidentes e até foram aceleradas neste período turbulento de pandemia.

  • 62% da geração Z disse que sua geração está pronta para reconstruir a sociedade do zero.
  • 65% planejam ser, ou já são, seus próprios chefes.
  • 71% usam o áudio para lidar com estresse e ansiedade.
  • 75% afirmaram que a música os ajudaram a manterem-se sãos durante o período da pandemia.
  • Em 94% dos casos, o tipo de música que ouvem mudou para se adaptar ao contexto.
  • 64% disseram que estão ouvindo podcasts com mais frequência para informação e entretenimento, e um terço afirmou que escuta podcasts sobre saúde mental.
  • 91% da geração Z e millennials em todo o mundo disseram que eles adoram entender como as ideias nascem e isso faz com que se sintam parte do processo criativo.
  • 93% dos pais brasileiros que ouvem podcasts nos disseram que esse meio de comunicação se tornou uma ferramenta educacional muito útil.
  • 69% dos jovens brasileiros disseram que ouvir a música dos pais lhes dá uma melhor noção de quem são eles.
  • 77% dos pais disseram que a música é uma forma de se relacionar com seus filhos.

Acesse o relatório completo aqui

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER