O que faz um hit de carnaval?

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

O que faz um hit de carnaval?

Todo ano, pelo menos uma música se espalha por todo o país, sendo tocada à exaustão e fazendo a alegria dos foliões nas festas de carnaval. O que explica esse fenômeno? Vamos avaliar os indicadores para este sucesso explosivo.

Primeiro, vamos apresentar a nossa aposta para o posto de hit do carnaval 2019.

“Jenifer” – Gabriel Diniz

Agora vamos avaliar alguns indicadores que fazem uma música se tornar hit.

Efeito Chiclete

Essa é a principal característica da maioria dos hits, que no carnaval é elevada à máxima potência. Alguns elementos compõem este ponto: simplicidade, refrão, ritmo e humor.

  • Simplicidade – Não dá para ser muito profundo em hit de carnaval. Mesmo que o tema possa ser mais sério ou provocativo, a linguagem precisa ser acessível e direta.
  • Refrão – A cereja do bolo é repetição e mais repetição. Tudo o que a música simboliza precisa estar condensado em uma ou duas frases. Um bom hit de carnaval tem o refrão cantado pelo menos umas cinco vezes. Usar onomatopéias também está liberado.
  • Ritmo – Carnaval é festa. O hit tem que deixar extravasar a energia e o calor do verão. Tem que ser uma música para dançar e se jogar. Coreografia é um bônus.
  • Humor – Parte da nossa cultura, pois o povo brasileiro é, geralmente, bem humorado. Por isso, nessa grande comemoração onde a diversão é o grande objetivo, nada melhor do que umas boas risadas. Não é obrigatório, mas sem dúvida ganha pontos na disputa.

Uma boa mistura de todos esses pontos é garantia de deixar os ouvintes malucos, sem conseguirem tirar a música da cabeça. Porém, ser apenas uma música chiclete não é sinônimo de hit do carnaval.

Timing

Ser lançada no momento exato pode ser crucial para uma música se tornar o hit do carnaval. Apesar de não ser uma ciência exata, podemos aproximar o período ideal. Obviamente, uma música lançada em Abril, ou Maio, dificilmente terá fôlego para manter o gás até o carnaval. Por isso, o consenso é que, para entrar no páreo, a música tenha que ser lançada no máximo três meses antes da festa. Porém, alguns outros elementos podem influenciar nesta variável. A fama do artista, que veremos a seguir, pode impactar diretamente nesta fórmula.

Outro fator é o dinamismo do mercado atual. São tantos lançamentos e meios de disseminação que uma música que antigamente levava três meses para maturar, até atingir seu auge no carnaval, hoje pode perder o timing em menos de um mês.

Fama do Artista

Este é um indicador que não é tão determinante por si só, mas que tem influência na assertividade do timing.

Não é a fama do artista que faz um hit. Ela facilita e acelera o processo, porém outros ingredientes precisam fazer parte desta receita. Algumas vezes, ser um desconhecido conta com o fator novidade/curiosidade. Por isso, fazer um hit de carnaval é mais uma arte do que uma ciência.

Contemporaneidade

A música ganha muitos pontos por se tratar de algum assunto que esteja em alta. O artista que quer sua música fazendo sucesso no carnaval certamente vai se inspirar no cotidiano da sociedade ao seu redor. Ou seja, ficar de olho nas notícias, nos trending topics e no bate papo das ruas é uma arma valiosa.

Vale ressaltar que ser contemporâneo é conversar com o povo, usar a mesma linguagem. O Tinder, onde o Gabriel Diniz encontrou a Jenifer, é um exemplo desses assuntos que estão na boca da galera. Você pode até não usar o aplicativo, mas com certeza sabe do que se trata.

Excentricidade

Somos brasileiros. O nosso jeitinho é mundialmente famoso, e no carnaval ele se expressa na nossa criatividade. Em um mar de candidatos, se destacam os que conseguem inovar. Dar aquele passo adiante pode ser a diferença entre ser o hit do carnaval ou mais uma música que passou. Pode ser uma piada, um jogo de palavras, uma batida exótica, um tema inusitado… As possibilidades são infinitas.

É mais um daqueles indicadores que, mesmo não sendo a base, conta muitos pontos no resultado final. Vendo a lista dos hits dos 10 últimos anos, que fizemos semana passada, percebemos que ser excêntrico ganhou ainda mais força nos últimos anos. O negócio é botar a cabeça para viajar, sem preconceito com as ideias que surgirem. Estamos falando de carnaval, ou seja, vale tudo.  

Se joga!

Gostou das dicas? Deu até vontade de correr para fazer o seu hit de carnaval, não é verdade? Para esse ano já não vai dar mais tempo, mas quem sabe em 2020? Tente balancear todos os pontos mencionados, capriche na produção, no vocal e no arranjo, sem esquecer, é claro, de se divertir. Afinal, é carnaval!

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER