Viva o Rock’n’ Roll!

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Viva o Rock’n’ Roll!

Dia Mundial do Rock é comemorado anualmente em 13 de julho no Brasil. É uma homenagem ao estilo que revolucionou a música e o comportamento social da juventude em meados do século XX. O gênero musical composto por várias influências diferentes, até mesmo antagônicas, sempre manteve o mesmo propósito original de “liberdade” e “expressão”. Mas porque a data de 13 de julho foi escolhida para ser o dia do rock no Brasil?

Em 13 de julho de 1985 foi organizado um evento de rock e pop chamado de “Live Aid” em prol dos famintos da Etiópia. O evento foi organizado por Bob Geldof e Midge Ure e realizado em cidades como  Londres, Filadélfia, Sydney, Moscou e Japão. O Live Aid foi transmitido para mais de 100 países, sendo uma das maiores transmissões em larga escala por satélite e de televisão de todos os tempos—estima-se que 1,5 bilhão de espectadores, em mais de 100 países, tenham assistido a apresentação ao vivo.

Em Londres se apresentaram, Status Quo,The Style Council, The Boomtown Rats, Adam Ant, Ultravox, Spandau Ballet, Elvis Costello, Nik Kershaw, Sade Adu, Sting, Phil Collins, Howard Jones, Autograph, Bryan Ferry com David Gilmour, Paul Young, U2, Dire Straits, Queen, David Bowie com Thomas Dolby, The Who, Elton John com Kiki Dee e Wham e Paul McCartney  que encerrou o Show. Nos EUA os shows foram de Joan Baez, The Hooters, The Four Tops, B.B King, Billy Ocean, Black Sabbath, Run-D.M.C., Rick Springfield, REO Speedwagon, Crosby, Stills and Nash Young, Judas Priest, The Beach Boys, George Thorogood and the Destroyers com Bo Diddley e Albert Collins, David Bowie e Mick Jagger (Video Clipe), Simple Minds, The Pretenders, Santana com Pat Metheny, Ashford & Simpson, Kool & the Gang, Kool & the Gang (Video), Madonna, Tom Petty, Kenny Loggins, The Cars, Power Station, Thompson Twins, Eric Clapton, Phill Collins, Led Zeppellin, Duran Duran, Cliff Richard, Patti LaBelle, Hall & Oates, Mick Jagger com Hall & Oates e Tina Turner, Bob Dylan,  Ronnie Wood e  Lionel Richie.  Na Austrália se apresentaram INXS e Men at Work. No Japão se apresentaram Loudness, The Off Course, Eikichi Yazawa e Motoharu Sano.

Nenhum show havia até então reunido tantos grandes nomes do rock e do pop.

O nome “Dia mundial do Rock” se deu porque Phill Collins dizia insistentemente durante o evento para que aquele dia fosse considerado o “Dia Mundial do Rock” por causa da magnitude do evento e  pelo motivo pelo qual o evento foi feito. No entanto, seu pedido não foi aceito para o resto do mundo, com exceção apenas para o Brasil. A data passou a ser comemorada anualmente  aqui em nosso país anos depois do “Live Aid” quando duas rádios paulistanas especializadas em rock – 89 FM e 97 FM  começaram a mencionar a data em sua programação.  A celebração foi amplamente aceita pelos ouvintes e, em poucos anos, passou a ser popular em todo o país. Outros países e localidades não têm uma data específica para celebrar o dia do Rock ou têm outras datas. Nos EUA, algumas pessoas comemoram a data do dia 9 de julho, em homenagem ao programa “American Bandstand, de Dick Clark, que estreou nessa data e que ajudou a popularizar o rock nos EUA.

O dia do rock é todo dia para quem aprecia o estilo musical, mas é sempre bom ter uma data para celebrar um dos gêneros musicais mais importantes da música. Viva o rock! Vida longa ao Rock n’ Roll!

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER