Comédia dramática, O Topo da Montanha, conta a história dos últimos momentos de Martin Luther King

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Comédia dramática, O Topo da Montanha, conta a história dos últimos momentos de Martin Luther King

post2 - 25.7

 

Com o texto de Katori Hall, traduzido por Silvio Albuquerque, Lázaro Ramos é diretor e ator da peça O Topo da Montanha. Lázaro Interpreta o ativista político, ao lado de sua esposa, Taís Araujo, que dá vida a inquieta camareira Camae.

O Topo da Montanha faz referência ao último discurso de Martin Luther King, em 1968, em Memphis. A história se passa no quarto 306, do Hotel Lorraine, onde foi assassinado no dia seguinte.

Martin Luther King conhece Camae, uma camareira em seu primeiro dia de trabalho no estabelecimento, que confronta o líder com um ar de suspense e ao mesmo tempo debochado. A peça traz humor e emoção, faz rir e pensar com uma linguagem atual.

O Topo da Montanha está em carta de sexta a domingo no Teatro Faap, em SP, até o dia 4 de setembro. Informações sobre ingressos e horários, AQUI.

Foto: DR – Direitos Reservados

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER