Conheça a trajetória do músico e cineasta André Moraes

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Conheça a trajetória do músico e cineasta André Moraes

Por Agência Nova.RS

Compositor de trilhas sonoras, André já concorreu ao Grammy pelo arranjo de “Lisbela e o Prisioneiro”

^AA9ED4BC4508157395D09197F030A46890BC5962173CB80809^pimgpsh_fullsize_distr

O que os filmes “Lisbela e o Prisioneiro”, “Meu Tio Matou um Cara” e “Assalto ao Banco Central” tem em comum? Aparentemente nada, já que as histórias não poderiam ser mais diferentes. Mas a trilha de todos eles foi composta pelo mesmo artista, André Moraes, filho do cineasta Geraldo Moraes.

Cineasta, músico e compositor, André é dono de um extenso currículo artístico. Já concorreu ao Grammy Latino pelo arranjo da canção “Você não me ensinou a te esquecer”, cantada na voz de Caetano Veloso e trilha do filme “Lisbela e o Prisioneiro”. André também produziu e tocou com gigantes da música brasileira e internacional. Um desses momentos foi a sua participação no Rock in Rio de 2015, em que tocou ao lado do músico André Abujamra, versões roqueiras para temas de filmes de terror, e clássicos do heavy metal.

No mesmo ano, André se lançou na direção de um longa. Com participações de Deborah Secco, Lúcio Mauro Filho, Júlio Andrade e Ana Carolina Machado, o filme “Entrando Numa Roubada”, conta a história de um ator frustrado (interpretado pelo irmão do ator, Bruno Torres) que consegue R$100 mil para produzir um filme de ação.

Em entrevista, o compositor disse que a trilha o acompanhou em todas as fases do projeto. “A música pra mim vem antes, durante e depois da filmagem. Quando estou escrevendo o roteiro, penso muito nela, quando começo a filmar, penso mais ainda”. Assim, a composição para o filme contou com participações de peso, como o músico como Igor Cavalera (Sepultura); o percussionista Guga Machado; o jazzista americano Omar Hakim, e outros, que participaram de produções como “Kill Bill”, de Quentin Tarantino.

Recentemente, André produziu um projeto de talk show online estrelado por Deborah Secco, para o portal Gshow, da Globo. Além disso, ele vem produzindo uma série de 13 episódios, chamada “Manual para se Defender de Alienígenas, Zumbis e Ninjas”, originária de um curta de mesmo nome, produzido há alguns anos. O elenco tem Tonico Pereira, Lúcio Mauro Filho e André Arteche, além da youtuber, Malena, que será a protagonista.

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER