Bossa Abramus #3 – Bossacucanova

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Bossa Abramus #3 – Bossacucanova

Em 1958, tivemos o lançamento do LP “Canção do Amor Demais”, de Elizeth Cardoso. Nele, João Gilberto gravou pela primeira vez sua batida diferente ao violão na canção “Chega de Saudade”, composta por Tom Jobim e Vinícius de Moraes. A partir daí, com o aval da divina Elizeth, jovens músicos e compositores se tornaram protagonistas do movimento musical que mudou a história da música brasileira e ganhou o mundo: a Bossa Nova.

Já que, em 2018, a Bossa Nova completa 60 anos, por que não celebrá-la?

 

Um novo e jovem olhar sobre a Bossa Nova. Na virada do século, o Bossacucanova conseguiu unir com muita competência dois universos musicais: a bossa e a música eletrônica. Marcio Menescal e DJ Marcelinho da Lua relembram, na Bossa Abramus desta terça, como surgiu essa ideia e comentam a imensa repercussão internacional do projeto.

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER