Bossa Abramus #1 – Joyce Moreno

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Bossa Abramus #1 – Joyce Moreno

Em 1958, tivemos o lançamento do LP “Canção do Amor Demais”, de Elizeth Cardoso. Nele, João Gilberto gravou pela primeira vez sua batida diferente ao violão na canção “Chega de Saudade”, composta por Tom Jobim e Vinícius de Moraes. A partir daí, com o aval da divina Elizeth, jovens músicos e compositores se tornaram protagonistas do movimento musical que mudou a história da música brasileira e ganhou o mundo: a Bossa Nova.

Já que, em 2018, a Bossa Nova completa 60 anos, por que não celebrá-la?

No primeiro vídeo da série Bossa Abramus: Joyce Moreno!

“Ser mulher na música era algo mal visto. Não gosto de colocar diferença entre a música feita por homem e mulher. Eu sou um compositor”. Nesse tom, afinadíssimo, começa nossa viagem musical pela Bossa Nova.

A eferverscência criativa nas décadas de 60 e 70, celebrada nos grandes festivais, e a parceria de sucesso com Elis Regina e a poeta Ana Terra são outras memórias que Joyce relembra ao lado do amigo Danilo Caymmi.

Confira:

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER