VOLTAR

Falecimento Geraldo Moraes

A Abramus lamenta com grande pesar o falecimento do cineasta e produtor Geraldo Moraes, aos 78 anos, no último sábado (5), e presta suas condolências aos familiares.

Nascido em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Geraldo Moraes com seu talento e profissionalismo foi muito importante para a cultura brasileira no cinema e no setor audiovisual.

Geraldo, em seus filmes e produções, retratava o Brasil valorizando a cultura local, sendo uma das pessoas que mais deu vida à história da região Centro-Oeste. Foi secretário do Audiovisual e do Planejamento do Ministério da Cultura, na gestão do ministro Antônio Houaiss, em 1993, quando administrou o Prêmio Resgate do Cinema Brasileiro, que deu início à retomada da produção cinematográfica no país após o governo Collor, e coordenou a regulamentação da Lei do Audiovisual.

Em 2003, foi eleito presidente do Congresso Brasileiro de Cinema. Na sua gestão, trabalhou pela criação da ANCINAV – Agência Nacional do Cinema e do Audiovisual e pela aprovação da Convenção para a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais (Convenção da UNESCO). Criou a Coalizão Brasileira pela Diversidade Cultural e é membro do Conselho Diretor da Federação Internacional das Coalizões (FICDC).

Geraldo também teve vários livros publicados e em 2008, ganhou biografia da Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial de São Paulo. Trata-se de “Geraldo Moraes – O Cineasta do Interior”, escrita pelo jornalista Klecius Henrique.

Filmografia 

  • 2008: O Homem Mau Dorme Bem
  • 1999: No Coração dos Deuses
  • 1990: O Círculo de Fogo
  • 1980: A Difícil Viagem
  • 1976: Os Mensageiros da Aldeia(curta)
  • 1973: A Semente do Pão(curta)

 

Lamentamos esta grande perda para cultura brasileira, mas com a certeza que seu legado estará presente para sempre. Viva Geraldo!

Muita força e paz aos familiares!

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER