Mulheres Sonharam Cavalos – Premiado texto do dramaturgo argentino estreiou no Rio de Janeiro

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil

ASSOCIE-SE

Faça parte da maior associação de música e artes do brasil


ASSOCIE-SE PESQUISA DE OBRAS CADASTRO DE OBRAS ISRC
VOLTAR

Mulheres Sonharam Cavalos – Premiado texto do dramaturgo argentino estreiou no Rio de Janeiro

“Mulheres Sonharam Cavalos”, premiado texto do dramaturgo argentino Daniel Veronese, montado pela primeira vez no Rio de Janeiro. Com direção de Ivan Sugahara e tradução de Letícia Isnard, o espetáculo apresenta a história de três irmãos e suas esposas e os ressentimentos, desconfianças, segredos e desejos reprimidos presentes em torno desta família. No elenco, Analu Prestes, Elisa Pinheiro, Isaac Bernat, José Karini, Letícia Isnard e Saulo Rodrigues.

“A peça de Daniel Veronese impressiona pela força que ele consegue extrair de uma situação dramática simples”, afirma Ivan Sugahara.

Sobre o espetáculo:

“Colocar o público em contato consigo mesmo, procurar levá-lo a se chocar com a sua condição, mas também a rir dela e buscar, conosco, a simbologia do cavalo, não como poder, repressão e embrutecimento, mas como liberdade e afetividade”      (Ivan Sugahara)

Seis personagens atuam em um pequeno ambiente – a sala de um apartamento – deixando entrever um recorte de suas vidas. O que desencadeia o conflito é o encerramento de um negócio familiar. Com a intenção de transmitir esse fato ao resto da família, um almoço foi marcado. Em um primeiro momento, de modo ainda civilizado. Mas aos poucos ressentimentos, histórias mal contadas, desconfianças, segredos obscuros, desejos reprimidos começam a vir à tona. Com o acúmulo, as discussões vão tomando grandes proporções e arruínam qualquer possibilidade de se ter uma convivência familiar saudável.

O projeto é da atriz Letícia Isnard, também responsável também pela tradução do texto. Encantada com a quantidade e qualidade dos textos produzidos pelos autores argentinos, Letícia acabou se envolvendo como tradutora, produtora e atriz de três peças contemporâneas.

“Essas montagens visam estreitar o diálogo intercultural com o teatro argentino. Se a circulação de textos de autores latino-americanos se dá de forma precária nos países de língua espanhola, a barreira do idioma agrava ainda mais o isolamento e a falta de intercâmbio cultural entre o Brasil e seus vizinhos. Acredito ser preciso incentivar e estimular a interlocução entre as produções desses países, viabilizando o diálogo e a reflexão do que nos diferencia e também das questões que temos em comum”, explica Letícia Isnard. 

 

(Elisa Pinheiro, Letícia Isnard, Analu Prestes, Saulo Rodrigues, Isaac Bernat e José Karini)

Local: Teatro Poeirinha (Rua SãoJoão Batista, 108 – Botafogo)

Bilheteria: (21) 2537-8053. De 3ª a sábado das 15h às 21h e domingo das 15h às 20h30

Horários: Sexta e sábado, às 21h30 e domingo, às 20h

Ingressos: R$20,00

Classificação: 14 anos

Temporada: 05 de novembro a 18 de dezembro

SIGA-NOS NAS
REDES SOCIAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER