Nota de Pêsames: Altamiro Carrilho

publicado em: 15 de agosto de 2012

Morreu na manhã desta segunda-feira, no Rio, o músico e compositor Altamiro Carrilho, de 87 anos.

Altamiro foi um virtuoso da flauta transversal, com mais de 200 músicas compostas e mais de uma centena de discos gravados.

O primeiro disco de Altamiro foi “A bordo do Vera Cruz”, de 1949. Nos anos seguintes, gravou trabalhos como “Choros imortais” (1964), “Clássicos do choro” (1979) e “Pixinguinha de novo” (1998). Em 1938, foi membro da Banda Lira de Arion, na qual tocava caixa. Quando passou a tocar flauta, foi destaque do programa de calouros de Ary Barroso. Além da música, atou como farmacêutico e comprou uma flauta usada, com a qual começou a ganhar fama entre os apreciadores do choro.

A Abramus lamenta mais esta perda e deixamos aqui nossos sentimentos, desejando que sua família tenha o conforto necessário neste momento tão delicado.

Equipe Abramus

(Gravação de DVD no Teatro Municipal de Niterói, no Rio, em comemoração aos 80 anos de Altamiro Carrilho. Foto por Fábio Motta – AE)